outros caminhos

Tappe Sentieri

As três trilhas principais, o Sentiero di Crinale (Trilha do Cume), a dos Santuari (Trilha dos Santuários) e o Azzurro (Trilha Azul), são apenas os intinerários mais importantes das Cinco Terras. De fato, as três trilhas são cruzadas por dezenas de estradinhas rurais secundárias que sobem do litoral e atravessam as montanhas pela vertente marítima, ultrapassando-as e alcançando a capital da província ou Val di Vara que fica atrás. Estradas rurais que, por sua vez, subdividem-se em duas, ou até mesmo três variantes, criando assim uma ampla teia de aranha de estradas pedonais. Muito importantes e conhecidas são também as trilhas existentes nos limites das Cinco Terras, como os prolongamentos do Sentiero n° 1 (Trilha n° 1), que interligam o território do Parque às vilas de Levanto, a oeste, e de Porto Venere, a leste ou como o circuito pedonal de Palmaria, a principal ilha do pequeno arquipélago localizada em frente a Porto Venere.

De Monterosso a Sant’Antonio del Mesco

Acima do Circolo Velico de Fegina, pega-se uma escadaria que conduz à estrada para o hotel Suisse. Pouco antes do hotel, cruza-se com a trilha n° 10 que subindo-a chega-se em uma bifurcação: à direita, prossegue-se para Levanto ou para a colina de Gritta, pela esquerda chega-se ao promontório do Mesco, onde estão as ruínas da ermida de Sant’Antonio.

De Soviore a Levanto

 

De Soviore, desce-se ao longo da estrada até alcançar a colina de Gritta, de onde recomeça realmente a trilha (a n° 1) que ultrapassa montes e pontos de selas até chegar a uma bifurcação: virando à esquerda chega-se a Monterosso ou ao promontório do Mesco, pela direita segue-se a Levanto. A descida, na qual encontram-se casebres, hortas e terraços agrícolas, termina em frente à antiga lógia de Levanto, antes porém, passa-se bem perto das muralhas do Castelo medieval.

Do Telegrafo a Porto Venere

Do Telegrafo pega-se a trilha n° 1 sentido Porto Venere. Após atravessar o bosque de pinus da Palestra del Verde (Academia do Verde), um intinerário onde é possível realizar uma série de exercícios de ginástica ao ar livre, chega-se à vila de Campiglia. Continuando deste ponto, supera-se o Monte Castellana, o forte do Muzzerone e antigas pedreiras de mármore, depois prossegue-se descendo uma escadaria panorâmica, até a praça central de Porto Venere.

La Palmaria

Em Palmaria, a maior ilha do arquipélago que localiza-se em frente a Porto Venere, existe um percurso pedonal, que começa e termina no pequeno porto de Terrizzo, através do qual é possível visitar sítios geográficos e históricos de grande importância. De todos, destacam-se a Grotta Azzurra (Gruta Azul) e a Grotta dei Colombi (Gruta dos Colombos), nas quais foram encontrados vestígios pré-históricos, além de alguns edifícios militares que remontam ao século XIX.